Janeiro, mês da Transformação

upload.jpg

Os trânsitos astrológicos de Janeiro estão intensos e as duas palavras do mês são: Morte e Nascimento.

As duas andam inevitavelmente juntas. 

A lagarta morre, nasce a borboleta.

O dia morre, nasce a noite. 

O jovem morre, nasce o adulto. 

Morte em vida. O maior medo da humanidade.  

E junto com o medo, a grande oportunidade de amadurecer. 

Nas próximas semanas muitos de nós serão colocados à prova. Sobre suas atitudes, hábitos e vínculos. 

Quando o Sol se une a Plutão não é um novo corte de cabelo que sacia o desejo de mudança. A decisão mais importante e determinante é tomada e algo irreversível acontece: a transformação interna.

Respire.

Caminhe. 

Esfrie a cabeça.

Temos muitos guias em trânsito.

A clareza e o foco podem estar nebulosos, mas aguarde, a decisão interna está sendo tomada.